Bombeiro de folga salva vida de recém-nascido em Porangatu

O bombeiro militar Cleiton Espíndola estava de folga em casa, quando foi chamado pela avó da criança pedindo socorro para o neto que estava sem respirar e inconsciente.

2791

Câmeras de monitoramento (veja o vídeo) registraram momentos de aflição de uma mãe e de uma avó, bem como o salvamento de um recém-nascido de 16 dias, que havia engasgado durante a amamentação, realizado por um bombeiro militar de folga.

O fato foi registrado no setor Marlene Vaz em Porangatu, norte de Goiás no início deste mês de outubro.

O bombeiro militar Cleiton Espíndola estava de folga em casa, quando foi chamado pela avó da criança pedindo socorro para o neto que estava sem respirar e inconsciente. O bombeiro correu até a casa da vizinha e tomou o bebê em seus braços e de imediato iniciou técnicas para limpar as vias aéreas do bebê.

“Saí correndo, e ao chegar ao portão da residência me deparei com a mãe em choque e seu filho nos braços. O mesmo apresentava palidez e cianótico (lábios e extremidades roxas). Ao pega-lo verifiquei a cavidade oral e observei que se tratava de uma obstrução total, na qual a pessoa fica incapaz de respirar. Foi tudo muito rápido, a partir do momento que entendi o que acontecia interferi iniciando as manobras de desobstrução de vias aéreas. Coloquei a criança apoiada em meu antebraço, com a cabeça um pouco mais baixa que o tórax, iniciei as tapotagens nas costas repetindo a manobra até conseguir êxito em desobstruir as vias aéreas do recém-nascido”, explicou Espíndola.

Após o recém-nascido Manoel Benedito de Carvalho Neto voltar a respirar, foi entregue a sua genitora que foi orientada a procurar suporte médico.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui