Bombeiros retiram veículo e corpo que estava desaparecido em rio

Márcio é de família tradicional de Porangatu, irmão do radialista e empresário Lázaro Rodrigues. A sociedade está consternada com a fatalidade.

1860
Márcio é de família tradicional de Porangatu, irmão do radialista e empresário Lázaro Rodrigues. A sociedade está consternada com a fatalidade.

Na manhã de hoje, segunda-feira (18), foram retomados os trabalhos para retirada do veículo e do corpo do condutor que estavam submersos no Rio Tocantins após acidente na barragem da hidrelétrica Cana Brava em Minaçu, no norte de Goiás.

O acidente com a caminhonete que ele dirigia aconteceu na tarde de sábado (16), por volta das 16 horas e desde então, militares faziam buscas nas águas.

No dia seguinte, domingo (17), mergulhadores de Goiânia, retomaram as buscas e a vítima, Márcio Rodrigues Campos, de 53 anos, foi encontrada preso às ferragens do veículo a 22 metros de profundidade no Rio Tocantins.

De acordo com a Polícia Militar, ele estaria em alta velocidade e teria tentado uma ultrapassagem e perdido o controle da direção, e mesmo com a barra de proteção, a caminhonete foi parar dentro do rio. A carretinha que estava acoplada ficou na vegetação às margens do rio.

Márcio é de família tradicional de Porangatu, irmão do radialista e empresário Lázaro Rodrigues. A sociedade está consternada com a fatalidade.

De acordo com os bombeiros, ainda não está descartada a possibilidade de que outra pessoa poderia estar no veículo, uma vez que testemunhas afirmaram ter visto objetos de criança flutuando.

A equipe trabalha para retirar o carro e a vítima do fundo do rio, com previsão de conclusão até meio-dia. De acordo com familiares, o velório está previsto para acontecer em Ceres.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui