Abelhas voltam a atacar pessoas no sul do Tocantins

Com essas duas, somam quatro pessoas atacadas e 40 capturas e remoções de abelhas. O número de capturas de abelhas na cidade tem chamado atenção. Após os novos insetos serem removidos, a quantidade de operações do tipo vai subir para 43.

172

Mais duas pessoas precisaram ser socorridas pela Defesa Civil de Talismã, na manhã desta quinta-feira (05), no setor Recanto, próximo ao aterro sanitário da cidade, no sul do Tocantins. Elas precisaram receber atendimento médico após ficarem com inchaço no corpo.

Com essas duas, somam quatro pessoas atacadas e 40 capturas e remoções de abelhas. O número de capturas de abelhas na cidade tem chamado atenção. Após os novos insetos serem removidos, a quantidade de operações do tipo vai subir para 43.

Assim que as vítimas indicaram o local onde foram atacadas, foi feita uma vistoria técnica no imóvel e enxames foram encontrados. As abelhas apareceram de diversos ângulos da propriedade e três moradas foram localizadas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, João Carlos, além dos enxames identificados, devem ser removidos outro que se instalou em uma cisterna, porém neste caso, depende de uma operação especial que depende do uso de equipamento de rapel.

A Defesa Civil suspeita que as abelhas podem estar sendo atraídas por uma grande plantação de girassóis na TO-296, na entrada da cidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui