Em Uruaçu, Hospital do Centro-Norte Goiano atende mais de meio milhão de pacientes

Unidade do Governo de Goiás se consolida como referência de média e alta complexidade, além de serviço de oncologia.

154
Paciente Sebastiana Xavier: tratamento contra o câncer está disponível mais perto de casa.

Conhecido como Gigante do Norte, o Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN), unidade do Governo de Goiás localizada em Uruaçu, faz jus ao apelido: realizou mais de 543 mil atendimentos humanizados à população goiana somente em 2023.

Sob a administração do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), a unidade se consolidou como referência em casos de média e alta complexidade para a população dos 60 municípios que integram a região, se destacando pelos serviços nas áreas de oncologia, traumatologia e gestação de alto risco.

São 283 leitos, que representam 25% do total disponível no estado, além de uma equipe médica e multiprofissional que oferece atendimento humanizado. “Conseguimos mensurar não apenas em números o impacto positivo que o HCN traz, mas também pela competência de seus profissionais, eficácia de tratamentos, segurança e respeito às necessidades de cada paciente”, ressalta o diretor do HCN, João Batista da Cunha.

É no hospital que está localizada a primeira ressonância magnética imersiva do Brasil, que possibilita a escolha pelo paciente de ambiência para projeção e música de fundo. Desde o início do ano, foram contabilizados mais de 460 mil exames laboratoriais e de imagem.

Além disso, o Centro de Oncologia do HCN é o primeiro da rede pública estadual e realizou, somente em 2023, mais de 62 mil atendimentos oncológicos e 5 mil biópsias. Mais de 2 mil quimioterapias foram realizadas desde o início deste ano.

“Tudo aconteceu muito rapidamente. Meus exames foram solicitados e realizados aqui mesmo na unidade. A equipe dispensa elogios porque é realmente ímpar. O tratamento é muito humano. São profissionais capacitados que nos apoiam. Nós, do Norte, somos muito bem assistidos”, relata a paciente oncológica Sebastiana Xavier.

Gestação de alto risco e UTI Neonatal
O Centro Obstétrico do HCN possui equipe especializada para atendimento de gestantes e recém-nascidos de alto risco e conta com um Pronto-Socorro dedicado à assistência de gestantes e puérperas, além de atender casos ginecológicos e oncoginecológicos, garantindo a individualidade de cada mulher. Somente em 2023 a unidade realizou mais de 1.100 partos de alto risco.

O HCN conta também com o projeto Parto Adequado, que possibilita partos naturais sem dor. Ao contrário da anestesia geral, que induz um estado de inconsciência, a peri walking envolve a administração de anestésicos na medula espinhal, de uma forma que resulta na redução significativa da sensação de dor, mas mantém a sensibilidade da paciente, que permanece ativa.

Secretaria da Saúde – Governo de Goiás

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui