Giro Policial: destruição de patrimônio público e furtos em Porangatu

518

Homem quebra câmeras da Delegacia de Porangatu para resgatar amigo:

Um homem foi preso em flagrante na madrugada desta quarta-feira (10/04), após quebrar câmeras de segurança da Delegacia de Polícia Civil de Porangatu. O homem relatou para a Polícia Militar que ele havia danificado as câmeras para conseguir resgatar o amigo que havia sido preso.

Segundo informações, os dois homens pararam em um posto de combustível e foram abordados pela polícia, que localizou uma grande quantidade de bebidas alcoólicas dentro do veículo. Eles foram encaminhados à delegacia e, durante a realização dos procedimentos da prisão contra o motorista do carro, os agentes notaram que as câmeras haviam parado de funcionar.

O homem, que aparentava estar embriagado, fugiu do local após o ato de vandalismo e, ainda na madrugada do mesmo dia, foi preso em flagrante no setor Planalto.
O autor do ato de vandalismo pagou fiança no valor de R$1.000 e deve responder por crime contra patrimônio público. Já o condutor embriagado pagou a fiança no valor de R$1.400.

Homens e menor furtam residência em Porangatu:

Dois homens foram presos e um menor apreendido na noite desta quarta-feira (10), após o furto de uma residência em Porangatu.

Ao receberem a informação, policiais militares do 3º BPM conseguiram identificar o menor que confessou o crime e informou ter subtraído alguns objetos do local. De posse das informações os policiais conseguiram localizar dois homens que haviam comprado os produtos furtados.

O menor que já possui registros de atos infracionais por roubo, lesão corporal, dano e outros furtos foi encaminhado para a delegacia, juntamente com os outros dois homens que haviam adquirido os produtos furtados.

Mãe e filho furtam residência:

Após ter conhecimento que os moradores não estariam na residência, mãe e filho planejaram um furto em uma casa situada no setor cruzeiro, em Nova Crixás.

Após o cometimento do delito, chegou ao conhecimento do Policiamento local o furto qualificado mediante abuso de confiança e um roubo a mão armada onde a vítima reconheceu os dois autores.

Que diante dos fatos, foi deflagrada uma operação entre as Polícias Civil e Militar onde empenharam diligências e, além de localizar e prender os autores, recuperou os objetos furtados e apreendeu as armas de fogo atualizadas no roubo.

O filho, maior de idade, após lavrado o auto de prisão em flagrante foi encaminhado para o presídio de Nova Crixás, ficando assim a disposição da justiça. Já a mãe foi encaminhada ao presídio feminino de Inhumas, ficando assim a disposição da justiça.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui