Homem encontrado desacordado em Porangatu é encaminhado para abrigo

1184
Quem tiver informações sobre a identidade e os familiares, podem entrar em contato com a Polícia Civil ou o Lar Ancião. Foto: Reprodução.

Voltou a circular nas redes sociais a imagem de um homem que foi encontrado desacordado e com traumatismo craniano em agosto de 2020, em Porangatu, norte de Goiás.

Ele ficou por quase um ano no Hospital Estadual de Urgências de Anápolis (Huana).

O homem continua sem identificação e nenhum familiar foi encontrado, uma vez que ele não portava documentos e nunca conseguiu pronunciar uma palavra e nem corresponder aos estímulos de forma voluntária.

O fato novo é que ele foi transferido para um abrigo de idosos, Lar do Ancião, onde está sendo bem cuidado, ganhou peso, não está mais trasqueomizado, consegue corresponder alguns estímulos e ruídos e começou a gungunar.

Na época em que foi encontrado, a equipe do Samu que atendeu o paciente recebeu informações de populares de que ele seria um andarilho na cidade. Ele estava barbudo e com cabelo grande e tudo indica que foi vítima de agressão. O homem passou 26 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Busca por identificação continua

Desde de outubro 2020, a imagem dele e sua história desde que foi encontrado desacordado vem sendo divulgado na imprensa e nas redes sociais. Porém, algumas informações foram publicadas de maneira equivocada.

A direção do Huana solicitou a Polícia Técnico Científica local que colhesse suas digitais. Foi solicitado ao Instituto de Identificação a análise das digitais do paciente, porém, após cruzamento de dados suas digitais não foram reconhecidas no Estado de Goiás.

ENTENDA O CASO

https://portalsr.com.br/utilidade-publica/2021/05/02/homem-encontrado-desacordado-em-porangatu-continua-sem-identificacao-no-huana.shtml

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui