Idoso é detido acusado de abusar de criança de 3 anos

Maioria dos casos de abuso sexual acontece dentro de casa e com pessoas próximas à família. Os abusadores se aproveitam do momento em que a criança está sozinha.

1714
Campanhas alertam o crime. Imagens Ilustrativas.

Um homem de 78 anos foi detido na tarde desta quarta-feira (10), após ser acusado de abusar de uma criança de três anos em Porangatu, norte de Goiás.

O crime aconteceu na residência da avó com a qual o homem tem parentesco, onde o autor teria sido flagrado já sem roupa com a criança em um dos quartos da residência.

Imediatamente a equipe do 3° Batalhão de Polícia Militar composta pelo sargento Rodrigues e soldado Rafael, deslocou até o Setor São Francisco, onde fez a detenção do autor, que foi conduzido para a delegacia para as devidas providências que o caso requer.

Maioria dos casos de abuso sexual acontece dentro de casa e com pessoas próximas à família

As crianças, em boa parte dos casos, não têm noção do que é o abuso sexual. Dependendo da idade, ela sabe que aquilo é errado, mas não necessariamente que é um abuso sexual que precisa ser denunciado. Como são pessoas próximas da família, os abusadores procuram se aproveitar de algum momento em que a criança está sozinha. Seja em algum comodo da casa, no quintal ou quando está dormindo.

Dados de abuso e exploração sexual

Dados do Disque 100 mostram que, em 2018, foram registradas um total de 17.093 denúncias de violência sexual contra menores de idade. A maior parte delas é de abuso sexual (13.418 casos), mas há denúncias também de exploração sexual (3.675). Só nos primeiros meses de 2019, o governo federal registrou 4,7 mil novas denúncias.

Os números mostram que mais de 70% dos casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes são praticados por pais, mães, padrastos ou outros parentes das vítimas. Em mais de 70% dos registros, a violência foi cometida na casa do abusador ou da vítima.  

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui