Integrante de quadrilha de assalto a bancos é morto em confronto

674

Gewides Moreira dos Santos vulgo Cocheba, de 49 anos, conhecido nacionalmente por envolvimento em diversos roubos à banco nos Estados da Bahia, Goiás, Pará e Tocantins na modalidade conhecida como “novo cangaço”, morreu durante confronto com a polícia na manhã dessta quinta-feira, 23, em Peixe no sul do Tocantins.

Ele foi abordado pelas equipes da 8a DEIC e BOPE, no momento em que se deslocava pela zona rural onde possuía um rancho, em um veículo VW Crossfox.

De acordo com a Polícia Civil ele reagiu com tiros a abordagem e em contrapartida, as equipes revidaram e o alvejaram. Ele foi imediatamente socorrido e encaminhado ao Hospital de Peixe, mas não resistiu aos ferimentos.

Com Gewides foi encontrado: Um fuzil calibre 7,62, uma pistola calibre .40, vinte e seis munições calibre 7,62, doze munições calibre .40, e um explosivo do tipo emulsão encartuchada envolvida em cordel detonante.

Gewides havia sido preso na Bahia em 2003, juntamente com outros três indivíduos, de posse de um fuzil Barret .50 e quatro fuzis calibres 7,62 e 5,56 após praticarem pelo menos cinco roubos à banco no sertão baiano.

Também foi preso duas vezes em Gurupi nos anos de 2017 e 2018, por mandados de prisão decorrentes de roubos e em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e uso de documento falso e esteve envolvido em outros roubos à instituições financeiras no Goiás, Pará e Tocantins.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui