Iris Rezende e seu legado no MDB e no Estado de Goiás

Além de vereador, foi prefeito, deputado estadual em Goiás, governador do estado por dois mandatos, senador da República por Goiás, ministro da Agricultura no governo José Sarney e da Justiça no governo Fernando Henrique Cardoso (FHC).

197

As 87 anos de vida, sendo 70 deles dedicados à vida política do Estado de Goiás, morreu no início da madrugada desta terça-feira (09), após três meses internado, o advogado e líder político brasileiro Iris Rezende Machado (MDB).

Iris estava internado no Hospital Vila Nova Star em São Paulo onde travava uma luta pela vida depois de sofrer em agosto um acidente vascular cerebral (AVC). Aos 16 anos, Iris iniciou sua carreira política se candidatando a vereador de Goiânia, sendo eleito aos 26 anos. Foi líder estudantil e presidente do Grêmio Literário Castro Alves da Escola Técnica de Campinas em Goiânia.

Além de vereador, foi prefeito, deputado estadual em Goiás, governador do estado por dois mandatos, senador da República por Goiás, ministro da Agricultura no governo José Sarney e da Justiça no governo Fernando Henrique Cardoso (FHC). Foi casado com a homônima Íris Araújo e deixou também quatro filhos e netos.

O governador Ronaldo Caiado decretou luto de sete dias. O corpo será velado no Palácio das Esmeraldas, a partir das 11h, em Goiânia. O sepultamento será no cemitério Santana, também na capital, e está previsto para as 17h. Iris é natural de Cristianópolis, mesma cidade da cantora Marília Mendonça que faleceu dias atrás (05) em acidente aéreo.

NOTAS DE PESAR

GOVERNADOR RONALDO CAIADO

Durante minha campanha ao Senado Federal, passei a conviver frequentemente com Iris Rezende. A paixão por Goiás, o sentimento de paternidade por Goiânia, os gestos, as ações e a história comprovam o quanto Iris foi um homem público exemplar. Eu passei a ouvi-lo com muita frequência. Foi político por mais de 60 anos sem perder sua capacidade de ouvir e de interagir com o povo. Nos mutirões, prática que alguns políticos achavam ultrapassada, mostrou o porquê de sua longevidade. Com humildade, determinação, recebia lições das pessoas mais simples e humildes. Antecipava o que o povo queria. Essa foi a lição número 1 para explicar Iris como referência nacional, tão querido, que transformou o MDB de Goiás num partido com pessoas tão apaixonadas e militantes. Deixou um dos maiores legados na política do Brasil. Eu o cito com frequência depois que assumi o executivo, quando me deparo com auxiliares dizendo que têm dificuldades para atingir metas: imaginem um governante no começo da década de 1980 construir mil casas em apenas um dia! Isso define bem quem foi Iris Rezende. Deixou escola, fez muitos discípulos, tem uma multidão de apaixonados que hoje sentem, choram a sua partida. Mas com certeza Iris estará lá em cima ensinando a prática dos mutirões e nos orientando a continuar aqui em Goiás fazendo a política com ética e dignidade. E a população reconhecendo sua trajetória de vida política. A família decidiu fazer o velório e toda a cerimônia de despedida no Palácio das Esmeraldas. Iris terá todas as honras que merece do Estado de Goiás. Adeus, Iris Rezende. E saiba que a sua história continuará com os bons políticos de Goiás. Está decretado luto oficial. Nosso Estado chora a sua partida, meu amigo. Saudades.

DANIEL VILELA – MDB Goiás

Daniel Vilela sobre a morte de Iris: “Sua partida representa para nós, goianos, uma perda descomunal, num ano já marcado por tantas perdas irreparáveis”

“Que privilégio o meu, Iris, ter convivido com o senhor desde criança. Que privilégio o meu ter tido a oportunidade de aprender tanto com o senhor. O maior político da história de Goiás. O líder mais popular que a minha geração conheceu! Sua partida representa para nós, goianos, uma perda descomunal, num ano já marcado por tantas perdas irreparáveis. Mas nossa tristeza só não é maior que a gratidão que temos por tudo que o senhor fez e deixou para nosso povo, nosso Estado e nosso MDB. Ninguém define melhor sua história do que o Apóstolo Paulo: “Combati o bom combate, encerrei a carreira e guardei a fé”.

Ninguém foi tão intenso, ninguém foi tão longevo. Homem de uma fé inabalável e uma capacidade de trabalho extraordinária! Nós, que ficamos, não teremos o direito de errar, pois fomos privilegiados de ter um líder que deixou todos os ensinamentos de uma vida de compromisso com o povo, competência e seriedade em cada ato. Meus profundos sentimentos à Dona Iris, Ana Paula, ao Cristiano, Adriana e demais familiares. Que Deus lhes dê conforto nesse momento tão difícil.”

Daniel Vilela – Presidente do MDB Goiás

MÁRCIO CORRÊA – MDB Anápolis

Uma grande revelação na política e presidente do MDB em Anápolis, Márcio Corrêa, escreveu:

Uma perda enorme para Goiás, especialmente para nós do MDB. Iris Rezende foi o grande político do nosso tempo. Tem uma folha de serviços prestados inigualável e uma história de vida inspiradora. Tive a oportunidade de conversar com ele algumas vezes e receber seus conselhos. Era um homem devotado ao povo e sempre me dizia: “Márcio, política se faz na rua, perto do povo, conversando olho no olho, não é dentro de gabinete, não”. Estava certo e por isto sempre foi admirado e respeitado pelos goianos. Hoje é dia não só de despedir, mas de agradecer a este grande homem por tudo que fez pelo nosso Estado. O legado será eterno. Obrigado, Iris!

MÁRCIO LUÍS – MDB Porangatu

O presidente do MDB de Porangatu, Márcio Luís, que assim com Iris Rezende também tem formação como advogado e sempre externou sua admiração pelo líder político, escreveu:

O MDB de Porangatu vem manifestar o seu profundo pesar pelo falecimento do ex-governador Iris Rezende. O Íris dos mutirões, o Íris das multidões, o Iris do povo, será sempre lembrado pelo seu carisma, disposição, apego ao trabalho e poder de mobilização. O Estado de Goiás amanhece de luto e nós nos solidarizamos com a sua família, amigos e admiradores. Iris Rezende, o seu legado não será esquecido.

VANUZA VALADARES – Prefeita de Porangatu

A prefeita de Porangatu, Vanuza Valadares, escreveu:

É muito difícil falar de política e não citar Iris Rezende. Sua vida pública se combinar com a história da política goiana e brasileira. Um grande homem, um grande ser humamo, um grande estadista que ajudou a construir a democracia brasileira e inspirou tantos a seguir nessa trajetória de servir à sociedade. Ao povo, como ele gostava de falar.

Foi assim que comecei. Conheci Iris há quase 20 anos, na primeira campanha de meu esposo, Eronildo, para a função de prefeito em nosso município. A paixão de Iris pela política me encantou e me motivou a seguir nessa trajetória.

Minha última reunião com Iris, foi quando estava na presidência da Ceasa e buscava um convênio para criar uma creche dentro do Entreposto. A parceria foi feita e o CMEI foi inaugurado há algumas semanas. Aproveitei cada reunião, encontro ou conversa com esse grande político, para aprender, para me inspirar… Agora, chega o momento da despedida.

Foram quase nove décadas de vida, grande parte dedicada à política. Dedicada a construir uma cidade, um estado, um país melhor para todos nós. Grande parte a formar outros, que agora seguem pautados pela história que o senhor, Iris, construiu. Obrigada, Iris, por tantos ensinamentos. Obrigada, Iris pelo legado que o senhor nos deixa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui