Mãe e homem são presos por estupro de criança

1782

A Polícia Civil de Porangatu, por meio da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança e ao Adolescente – DPCA, após investigações, efetuaram o cumprimento de dois mandados de prisões temporárias, em desfavor de uma senhora que consentia a prática sexual de sua filha, de 11 anos de idade, com outra pessoa de 21 anos.

De acordo com as denúncias e a investigação, essa relação com a criança já tinha mais de 5 meses e era de conhecimento de outras pessoas da família dos dois.

O delegado Luciano Santos, responsável pelo caso explicou que a prisão temporária dos dois foi solicitada para não prejudicar o andamento da investigação e corpo de delito. Se necessário a prisão poderá ser prorrogada ou convertida em preventiva. A mãe e o suposto genro foram presos e responderão no Art 217-A, CP.

“A Polícia Civil reafirma seu compromisso em coibir esses crimes e reitera a importância da Sociedade Civil Organizada em denunciar as práticas de crimes envolvendo menores”, destacou o delegado.

Fonte: Polícia Civil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui