Novo APP dará suporte às vítimas de violência doméstica

É importante destacar que no último ano, a ONG Florescer dobrou o número de atendimento e forneceu tratamento terapêutico para 402 mulheres, só em 2021, em Porangatu, norte de Goiás.

166

Um projeto colaborativo e voluntário visa entender a realidade das mulheres, tanto como vítima de violência doméstica, como em situação que se agravou no decorrer da pandemia.

Isso será possível após o mapeamento dessas pessoas, por meio de uma pesquisa nacional, totalmente anônima, na qual a ONG Florescer é parceira.

Após a pesquisa, será criado um aplicativo que dará suporte às vítimas de violência doméstica.

Os questionamentos podem ser acessados através de um link disponível na Bio do instagran da Ong Florescer (@ongflorescer.2021), e demandam poucos minutos para serem respondidos. As informações são confidenciais e serão utilizadas apenas para fins de pesquisa.

O objetivo é encontrar soluções práticas e alternativas para ajudar as vítimas, além de minimizar o cenário atual de violência.

É importante destacar que no último ano, a ONG Florescer dobrou o número de atendimento e forneceu tratamento terapêutico para 402 mulheres, só em 2021, em Porangatu, norte de Goiás. Estima-se que há inúmeras outras desencorajadas a buscar por ajuda. Por isso, a pesquisa é uma forma segura de amenizar os impactos da violência familiar.

Assessoria de Comunicação ONG Florescer

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui