Olfar realiza obra de esmagadora de soja em Porangatu

1103

Está em andamento na Olfar, em Porangatu (GO), as obras de instalação da planta de processamento de soja, que terá uma capacidade total de esmagamento de 4.000 toneladas de grãos por dia.

O projeto completo é composto por silos para armazenagem de grãos, unidade de extração de óleo de soja, armazéns para farelo de soja, entre outros elementos necessários para o processo produtivo. O planejamento das novas instalações começou a tomar forma em fevereiro de 2021, com a cessão do terreno de 37 hectares, localizado ao lado da usina de biodiesel do grupo.

Além de otimizar a capacidade operacional e produtiva da usina de biocombustível, o empreendimento irá impulsionar o desenvolvimento de Porangatu e promover novas oportunidades para toda a região norte do Estado de Goiás. Apenas na etapa de construção, serão gerados, aproximadamente, 200 empregos diretos e mais de 500 indiretos. Já em operação, a empresa irá gerar cerca de 230 empregos diretos, além de promover centenas de negócios indiretos relacionados às atividades que envolvem toda a cadeia produtiva. O prazo previsto para conclusão das obras é em fevereiro de 2024.

Junto a essa iniciativa, a Olfar anuncia também a construção de um terminal de acesso à ferrovia Norte-Sul, para transbordo de grãos, com capacidade de carga e descarga de 1.000 toneladas por hora. O terminal é fruto de uma parceria entre a Olfar e a concessionária Rumo Logística, e tem como objetivo dar suporte ao escoamento de grãos de toda a região norte de Goiás e sul de Tocantins, com destino aos maiores portos do país, como o Porto de Santos, em São Paulo.

Todos esses investimentos reforçam o propósito da empresa em promover o progresso, bem como seu compromisso com o desenvolvimento do país.

Fonte: Assessoria de Imprensa

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui