Preso em Araguaçu homem que matou ex-mulher em Anápolis

410

Foi preso em Araguaçu, no sul do Tocantins, o ex-marido suspeito de matar a tiros a empresária Regiane Pires da Silva, de 39 anos, em Anápolis (GO). A prisão aconteceu nesta quinta-feira (28), mesmo dia do crime, após troca de informações entre as polícias dos dois estados.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Tocantins (SSP-TO), Edney Pereira dos Santos, de 48 anos, foi encaminhado para a unidade penal de Gurupi, onde permaneceu à disposição da Justiça para realização da audiência de custódia.

A defesa de suspeito, o advogado Claudemir Andrade, afirmou que naquele momento não tinha acessado ao processo. O crime aconteceu dentro da loja de autopeças que pertence a vítima e que foi atingida por três dos quatro tiros. Depois de matar a ex-esposa, o suspeito fugiu em uma caminhonete.

O casal havia se separado há um ano e Regiane tinha uma medida protetiva contra o ex-marido. A Polícia Civil de Goiás informou que a caminhonete e arma do crime foram encontradas com o sobrinho do autor. O suspeito deve responder pelo crime de feminicídio. Regiane era mãe de dois filhos, sendo um de 13 anos e outro de 7 anos.

Em nota, a SSP-TO informou que após a prisão em flagrante, Edney permaneceu em silêncio. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Wlisses Valentim, a Poder Judiciário de Goiás poderá pedir o recambiamento, ocasião em que o preso é transferido de estado.

O investigador informou que Edney poderá responder por feminicídio e por porte de arma de fogo, já que tinha registro apenas para posse e ainda cedeu a arma para o sobrinho, que também foi preso, guardar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui