Reeducandos realizam limpeza na lagoa de Porangatu

989

A Direção da Unidade Prisional Regional de Porangatu (UPRP) Polícia Penal de Goiás, através do Projeto ” Plantando a Liberdade” decidiu fazer a limpeza em um dos cartões postais, a orla da Lagoa Grande.

A Unidade Prisional Regional de Porangatu têm hoje 170 presos e 21 deles trabalham na horta e também nas obras de reforma e ampliação da Unidade Prisional.

Seis desses reeducandos foram conduzidos nesta sexta-feira (15) para fazer a limpeza no local que estava bastante sujo, após um grande vendaval que aconteceu na cidade que quebrou e arrancou árvores causando grande estrago e sujeiras na orla da lagoa que além de cartão postal, é principal espaço de lazer dos cidadãos porangatuenses.


O Diretor da unidade, Ailton Guerra, informou que além desses reeducandos estarem contribuindo para a limpeza da cidade estão sendo de alguma forma ressocializados de acordo com a Lei de Execução penal – LEP.

A cada três dias trabalhados eles recebem a remissão de um dia da pena.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui