Servidores do Hcamp reclamam dos atrasos do pagamentos

“O que nós queremos é receber nosso salário em dia e mais educação por parte da secretária”, disse uma servidora do Hcamp.

879
Servidores reclamam da falta de pagamento e conflitos internos no Hcamp. Foto: Reprodução.

Colaboradores do Hospital de Campanha de Porangatu – Hcamp tem procurado constantemente o Portal SR para fazer reclamações. As últimas são relacionadas ao atraso no pagamento de servidores.

No início da semana, eles relataram que o último pagamento que receberam foi no dia 18 de dezembro de 2020. Procuramos a Secretária de Comunicação do município que informou que devido à ausência de informações e documentos recebidos da equipe de transição, o procedimento de renovação dos contratos retornou se ao início e que estava sendo regularizado e que a previsão de pagamento seria a partir do dia 10.

E destacou que os servidores: concursados, nomeados, aposentados, pensionistas e o 13° salario dos aniversariantes do mês de janeiro, encontravam-se devidamente quitado.

No entanto, ontem, quinta-feira dia 11, eles entraram em contato novamente indignados pelo não cumprimento do que foi divulgado e também com a resposta enviada pela Secretária de Comunicação, Marlúcia Dourado.

Em um print, de uma conversa de grupo em um aplicativo ela diz que infelizmente não deu certo e que não é talvez é certeza na segunda-feira (Em referência ao pagamento dos salários). E também diz: “Estamos trabalhando até tarde todos os dias para regularizar, mas se alguém de vocês não tiverem interesse de continuar na gestão, iremos entender” (SIC).

Ainda no print, em seguida outro servidor informa que os bancos irão aderir ao feriado de carnaval na segunda e terça-feira (15 e 16) e que só funcionarão na quarta-feira (17) após o meio-dia.

“Além de trabalhar, o que nós queremos é receber nosso salário em dia e mais educação por parte da secretária”, disse uma servidora do Hcamp. Outra diz que internamente estão vivendo momentos conflitantes e que o atraso no pagamento agrava a situação e piorará muito mais se resolverem pedir demissão como foi sugerido pela secretária. “Porque nós já conhecemos os procedimentos para o combate a Covid-19 no Hcamp e isso dá mais segurança para o paciente e familiares”, pontuou.

Nós entramos em contato novamente com a Secretária de Comunicação que emitiu outra  nota: Os contratos da saúde começaram a ser pagos a partir de hoje (12) de forma gradativa. Vale reforçar que o atraso no pagamento a esses servidores foi devido a uma reformulação que precisou ser feita em todos os contratos para corrigir erros em relação a carga horária.

Vereadores foram até Hcamp conferir estrutura

Os vereadores Kléber Ferreira (PSDB), Gildemar Fusquinha (PSDB), Cristhian Chagas (PSDB) e Carlos Augusto (SOLIDARIEDADE), estiveram no Hcamp no dia 18 de janeiro afim de averiguar sobre o ocorrido no fim de semana (quatro mortes e reclamações de servidores). Juntamente com o vereador João Gabriel (PL), protocolaram um ofício na Secretária de Saúde do município buscando mais informações referente a estrutura do HCamp.

Vereadores estiveram no Hcamp para conferir as demandas que tem sido enviadas a eles. Foto: Ascom Câmara

Tomógrafo

De acordo com o portal da Câmara Municipal, os vereadores Gildemar Fusquinha e Kleber Ferreira ambos do PSDB, estiveram na tarde de ontem (11), no Hcamp de Porangatu, na sala onde funcionará Tomógrafo. Mas, segundo informações da administração o aparelho ainda não se encontra em funcionamento devido à baixa quantidade KVA na rede de distribuição elétrica. Eles então, procuraram a empresa Conel, que é responsável pela implantação do sistema elétrico que ligará o aparelho Tomógrafo.

Segundo informações do representante, para entrar em funcionamento o aparelho é necessário que a Prefeitura de Porangatu, requisite junta a Enel um contrato solicitando aumento de demanda para 225 KVA, pois atualmente são penas 112 KVA que atende apenas a demanda da unidade hospitalar, não suportando assim a demanda.

Os vereadores entrarão com requerimento na Sessão Ordinária da próxima segunda-feira (15/02), para que seja votado em plenário a proposta.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui