Suspeito de matar esposa e deixar corpo em postinho é investigado por outros crimes

481

O acusado de matar a própria esposa com um tiro no olho e deixar o corpo na frente de uma unidade de saúde em Peixe, no sul do Tocantins foi preso nesta sexta-feira (9), em uma casa em Gurupi, com diversas armas de fogo e munições de grosso calibre.

O crime aconteceu no dia 14 de novembro embaixo da ponte sobre o rio Tocantins, durante um acampamento onde o casal tinha bebido e discutido várias vezes. Em dado momento o homem sacou a arma e atirou no olho esquerdo da mulher.

A vítima é Juliana Rodrigues de Moura, de 22 anos.

De acordo com a ocorrência, após balear a mulher, o homem a colocou no carro ainda com vida, porém quando chegou em frente ao posto de saúde, ela já estava sem vida e seu corpo foi abandonado no local.

Segundo uma testemunha, dentro do carro também havia uma mulher que saiu correndo do local após deixarem o corpo de Juliana.

A PM encontrou o carro que teria sido usado no crime abandonado na BR-242, a cerca de 10 km de Peixe, sentido Gurupi. Dentro havia munições e uma espingarda de pressão.

O acusado do feminicídio também é investigado por envolvimento com o tráfico de drogas e com facções criminosas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui